CASACOR PE 2017 abre ao público dia 22 de setembro

Maior mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas traz 45 ambientes e ocupa novamente casarão histórico nas Graças

A CASACOR PE chega este ano à sua 20ª edição trazendo as melhores e mais atuais tendências de arquitetura, design de interiores e paisagismo. A partir do dia 22 de setembro até 12 de novembro de 2017, a mostra oferece aos amantes e profissionais do décor a oportunidade de conferir 45 ambientes inéditos assinados por grandes nomes do segmento no Estado.

Repetindo o sucesso do ano passado, a CASACOR PE volta a ocupar o casarão tombado pelo Estado na Av. Rui Barbosa, 471, no bairro nobre das Graças, no Recife-PE, dessa vez com entrada pela Rua Cardeal Arcoverde. As franqueadas da mostra, Carla Cavalcanti e Isabela Coutinho, optaram novamente pelo local pela sua imponência e grande valor histórico de tradição e luxo. O imóvel tem 2.678 m² e já foi visitado em seus tempos áureos por grandes nomes da história do Brasil, a exemplo de Luís Carlos Prestes e Getúlio Vargas.

Com a campanha “Foco no Essencial”, a maior e mais completa mostra do setor desafia, mais uma vez, renomados profissionais a surpreender os visitantes. O que é realmente essencial em arquitetura, design de interiores e paisagismo. “O design está mais perto das pessoas focando na necessidade do uso dentro do lar”, explica o diretor de relacionamento e conteúdo da CASACOR, Pedro Ariel. Os projetos versam sobre o que realmente é necessário para um ambiente fluir com aconchego e funcionalidade. “O essencial é aquilo que a gente precisa pra fazer a casa funcionar com bom gosto, tendência e criatividade. O necessário para criar conforto no ambiente”, explica Isabela Coutinho. O masterplan leva a assinatura do arquiteto Mário Santos, que concebeu o projeto inspirado no casal da família moderna. Inspirados na contemporaneidade, sem esquecer conforto e beleza, os ambientes da CASACOR PE deste ano carregam a proposta de integração resgatando memórias afetivas e agregando a família atual em torno de sua convivência.

Uma novidade desse ano é a possibilidade do visitante desfrutar do casarão usando os serviços de bar, restaurantes e café que compõem a mostra nos jardins onde serão instalados recantos de convivência e lazer. “Queremos proporcionar aos visitantes experiências do bem-viver, do bem-estar e do convívio com a família e os amigos dentro da mostra. Fazer com que eles possam viver um pouco do universo da CASACOR PE”, conta Carla Cavalcanti.

A abertura oficial da CASACOR PE acontece com festa para convidados no dia 21 de setembro. A abertura para o público é no dia 22 de setembro e a mostra segue aberta até 12 de novembro, com visitação de terça a sexta-feira das 16h às 21h, sábados das 13h às 21h, domingos e feriados das 13h às 20h. Os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada). Profissionais de arquitetura pagam R$ 30 apresentando o registro profissional e, quem deseja ir várias vezes, pode adquirir o passaporte VIP no valor de R$ 130, válido para todos os dias da mostra. A CASACOR PE conta com o patrocínio nacional da DECA; carro oficial Renault; patrocínio local da Iquine, do Shopping Recife e da VivixSpelia; apoio local da Arauco, da Caixa Econômica, dos Correios e do Sebrae, além do fornecimento oficial da Copergás, do Fiordes Buffet, da Madeplast, da Stella Luminárias e da Gadelha Segura.

DETALHES DOS AMBIENTES

· Estar da Tarde – Designer Tony Pedrosa

Inspirado na interação do homem com a natureza, o ambiente vem cheio de simbologia e nostalgia. Luz natural e visão panorâmica da casa e do jardim se completam e a estrutura metálica minimalista agrega o conceito contemporâneo ao espaço, sem abrir mão da sofisticação.

· Lounge de Entrada e Bilheteria –Arquitetura Studio A – Luciana Aguiar

O espaço aposta no mix entre o antigo e o contemporâneo. Essa mistura é garantida com um painel treliçado, muito porcelanato, móveis modernos e uma iluminação que pretende impactar ao combinar música com um jogo de luz e sombra. O vidro transparente que separa o lounge da bilheteria propõe uma harmonização dos dois espaços.

· Jardim do Casarão – Natiflora Paisagismo – Renata Sampaio Romagueira, Nathalie Mendonça Ribeiro e Lizandra Mendonça Ribeiro.

O desafio das arquitetas foi inovar no espaço, por isso trouxeram o conceito de um jardim de casarão de contemplação e convívio, utilizando espécies completamente distintas. Palmeiras triangulares, palmeiras em profusão e um recanto das árvores, além de uma variedade de grama da Itograss que é lançamento da ZEON.

· Átrio – Mario Baô Arquitetura

A decoração do Átrio é dividida em três amplos ambientes e conta com obras de artistas como Pragana (PE) e Demétrius Coelho (RN), móveis de designers brasileiros e objetos de decoração exclusivas para criar uma atmosfera particular.

· Foyer/Escada – LM Arquitetura – Luciana Dias e Mariana Carvalho

O espaço traz na decoração a preservação do patrimônio histórico que remete os visitantes a um passado integrado ao presente com o intuito de celebrar a morada com qualidade de vida.

· Living da Música – We Arquitetos – Camila Horta, Eduarda Jungmann e Isis Almeida

O espaço, com atmosfera masculina, foi idealizado para um “amante do rock clássico”, traz peças de designers consagrados como Ronald Sasson e Zanini de Zanine, além de sistema de iluminação automatizado.

· Estar Foyer – Studio Costa + Azevedo – André Azevedo e Josemar Costa Júnior

Fazendo contraponto com a arquitetura colonial do imóvel, os arquitetos investiram no design brasileiro moderno e contemporâneo. Com aposta na iluminação pontuada e indireta, teto e parede forrados em madeira natural, bancada em mármore, artesanato, obras de arte e gravuras do Recife marcam o espaço. Destaque na parede de madeira para a fotografia de Renato Filho abordando o tema transexualidade e androginia.

· Living e Sala de Leitura – Dubeux Vasconcelos Arquitetura – Luiz Dubeux e João Vasconcelos

A principal diretriz do projeto foi valorizar aspectos originais do espaço, como forro, adornos e esquadrias, e introduzir de forma harmônica elementos contemporâneos. Madeira ripada, presente em estantes e painéis, granito bruto, iluminação de led de última geração, automação e estruturas metálicas dão o tom de modernidade ao ambiente. Coleções e objetos de viagens, com peças do acervo pessoal dos arquitetos e obras de arte de artistas renomados como Tomie Ohtake, Renato Bezerra de Mello, Roberto Ploeg e Ascânio levam aconchego ao ambiente.

· Living Principal – Romero Duarte & Arquitetos – Romero Duarte

O ambiente traz um “clássico revisitado”. As boiseries das paredes, valorizadas com iluminação em led, foram contrapostas com mobiliário contemporâneo e piso em mármore. O arquiteto traz referências clássicas com leitura atual através da composição de luminárias que fazem alusão aos lustres centrais dos grandes salões da Antiguidade. Obras contemporâneas, executadas especialmente para o espaço, juntamente com a coleção de peças antigas, realçam o caráter histórico do ambiente.

· Adega – Estúdio NOI Arquitetura – Anely Camarotti, Flávia Ebrahim e Roberta Reis

O projeto traz elegância e funcionalidade para espaços pequenos e conta com espelhos e cristais para criar a sensação de que as garrafas de vinho flutuam nas prateleiras.

· Sala de Jantar – Luiza Nogueira e Simone Lima Arquitetura e Design de Interiores

O ambiente tem mobiliário arrojado e total integração entre o interno e externo com vidros translúcidos na fachada, e tem vista para o deck com piscina do casarão. A sala de jantar, acolhedora e muito confortável, tem peças assinadas por grandes designers nacionais como Jacqueline Terpins e Sergio Rodrigues. Coloridos painéis da artista plástica Thina Cunha aparecem instalados no teto do ambiente.

· Lavabo – Guilherme Eustachio e Daniela Lins

A sustentabilidade é a grande inspiração do ambiente, que propõe novas leituras do aço carbono, acrílicos e utiliza lâmpadas de led na decoração.

· Biblioteca/Coleções– Estúdio 507 – Igor Borba

O espaço marca o centro da casa com mobiliário moderno e composição de cores arrojadas. Além disso, um acervo de livros de arte e arquitetura mesclado com objetos de arte pernambucana dá vida ao décor do arquiteto Igor Borba, que promete dinamismo e surpresas.

· Suíte do Casal – DV Arquitetos – Diogo Viana

O espaço é idealizado para possibilitar a exposição da coleção de arte dos moradores: as fotografias em fotoarte, assinadas por artistas plásticos, tendências no mundo para apreciadores de obra de arte contemporânea. A paleta de cores que dá o tom ao ambiente é neutra e a marcenaria conta com madeira com lâmina natural, assim como o acabamento dos estofados que é couro natural e pele de vaca. A cama, o biombo como encosto de cama e os tecidos dos estofados foram desenhados pelo arquiteto especialmente para o ambiente.

· WC do Casal – Marcelo Teixeira Arquitetura

O banheiro foi criado para um casal moderno, resultando em um ambiente atemporal com um toque clássico, juntando todos os sonhos de um casal como cuba dupla, banheira, área para chuveiro separada e penteadeira.

· Varanda do Casal – Plural Arquitetura Criativa – Ana Carolina Pitanga e Lígia Garcia

A varanda é um ambiente de refúgio e contemplação, onde os moradores podem praticar seu hobby e curtir momentos de tranquilidade. A simetria da fachada do casarão é evidenciada pelas faixas de jardim vertical. O piso de ladrilhos revitalizado toma ares de tapete que emoldura o amplo sofá ladeado pela premiada poltrona Veleiro.

· Closet com Sala de Vestir – Kátia Carapeba, Sonia Beltrão & Gabriel Beltrão

O ambiente foi projetado com sofisticação e uma leitura minimalista, e se utiliza do branco para valorizar as peças de vestuário e os detalhes clássicos do casarão. Já os tons metálicos somados às peças de design e obras de arte dão uma leitura contemporânea necessária à personalidade do closet. Papéis de parede e um tapete iraniano envelhecido arrematam os detalhes de forma aconchegante.

· Quarto do Bebê – Polígonos Arquitetura – Manoela Pìres, Renata Paraíso e Thiago Valença

O quarto do bebê traz, de maneira inovadora e contemporânea, cores neutras, adequadas a qualquer gênero. A caixa central que emoldura o berço, a banheira ao lado do trocador e o futon carregam a praticidade e funcionalidade necessárias no dia a dia, tornando o ambiente adaptável para todas as idades.

· Sala de Convivência da Família – Nejaim Azevedo – Marcia Nejaim e Suzana Azevedo

Seguindo a tendência de estimular a integração entre os moradores, as arquitetas projetam o espaço com atmosfera moderna, alegre e descontraída. O local faz um convite para os seus moradores compartilharem seu dia a dia. Criando ao mesmo tempo uma sensação de aconchego e conforto.

· Zen Mini Spa da Família – André Dantas & Maury Santana

O ambiente foi projetado para criar aconchego e intimidade. As louças inglesas da banheira e piso banho foram preservadas e utilizadas com uma nova roupagem. Os arquitetos trazem também elementos naturais, como pedra e madeira para dar um clima de acolhimento ao ambiente.

· Living Garden – Studio 360 – Gisa Agra, Katya Veras e Marcela Salazar

Design diferenciado e grande impacto visual marcam o ambiente que tem conceito moderno e design minimalista. O espaço se equilibra entre a estética e a funcionalidade ao proporcionar integração do ambiente interno com o externo através de grandes janelas, elementos fundamentais para contemplação da natureza e permeabilidade da luz natural. Tons neutros, luz intimista e mobiliário essencial marcam o aconchego do espaço.

· Loft da Adolescente – Lorena Pontual, Elza Mendoça, Giuliana Zirpoli

As arquitetas unem moda, arquitetura e a personalidade forte de uma adolescente. A ligação entre as referências é vista através de equipamentos hi tech, design assinado por estilistas e peças versáteis em um espaço de múltiplas funções que combinam com o turbilhão de emoções desta fase da vida.

· Toilette da adolescente – Luciane Reis e Tatiana Yamamoto

O ambiente traz elementos originais do casarão, como o vitral colorido datado do século passado, que é evidenciado no espaço. Contrastando, as arquitetas aliam materiais e texturas diferentes com tecnologia de automação de luz e som imprimindo uma atmosfera jovem e divertida.

· Lavabo do Andar – Fábrica Arquitetura – Ana Maria Freire e Camila Pereira

O projeto utiliza artifícios como paredes descascadas, cordas, pinturas em laca, espelhos, vidros e quadros translúcidos para garantir sofisticação com modernidade e feminilidade. Evidenciando ao máximo a arquitetura existente, o ponto focal do lavabo foi pensado em frente ao vitral da década de 40, convidando o público a admirá-lo.

· Louceiro – Albuquerque + Malvim Arquitetura – Alysson Albuquerque e Rodrigo Malvim

O ambiente é inspirado nas essências e memórias afetivas de um colecionador apaixonado por louças e objetos herdados por gerações. Um lugar especial da casa para guardar as lembranças que quando postas à mesa celebram os encontros.

· Cozinha Gourmet – Ana Cristina Cunha Arquitetura e Interiores

A tradição da cana de açúcar presente na memória afetiva da gastronomia do povo pernambucano, somada à modernidade do melhor do mobiliário contemporâneo, marca o ambiente. De forma intimista e aconchegante, a cozinha reúne em um só espaço a sala de estar e a de jantar, promovendo a convivência da família e dos amigos.

· Deck com Piscina | IGUI – Mota Berenguer Arquitetos – Fred Mota e Renata Berenguer

A proposta é de um espaço de descanso e lazer ao ar livre. Esculturas neoclássicas que existiam no casarão desde 1922 permanecem no local e constroem espaço harmônico ao lado de peças modernas, como a piscina executada exclusivamente para o ambiente, que contrasta com um revestimento em pedra natural verde.

· Jardim da Piscina – Luciano Lacerda Paisagismo

O contato com o verde sempre transmite a sensação de bem-estar e leveza. Para o Jardim da Piscina, o paisagismo contemporâneo e tropical é o que impera. As principais características do jardim são as folhagens ornamentais ricas em nuances, formas e texturas com plantas exuberantes e exóticas. O ambiente harmoniza o paisagismo com esculturas neoclássicas e mobiliário descontraído. É um espaço para desfrutar o prazer de viver junto ao verde.

· Gin Bar – Diego Ferraz

O arquiteto investe em tendência masculina na formatação do espaço, com tons sóbrios e uma grande mesa para agregar os presentes. As cores escolhidas foram os tons de cinza, o cimento queimado, os madeirados escuros e o azul noturno da grande mesa, que envolve uma árvore no meio do ambiente.

· WC Público Funcional – Arquitetura Assim – Graciely Nery e Eveline Carvalho

O espaço é um convite à contemplação do belo, do essencial à nossa existência, surpreendendo o visitante em um local incomum. As arquitetas agregam uma proposta para uma pausa onde os sentidos são estimulados por imagens, texturas e iluminação. Em frente às cubas, em vez de espelho, uma obra de arte sugere que o foco não é o ser humano em seu individualismo moderno, e sim, a natureza em sua plenitude.

· Living da Praia – Duarte Casé Arquitetura – Sumaya Duarte e George Casé

O Living da Praia propõe ao visitante uma experiência de desconexão com o mundo exterior. Um ambiente onde é possível recarregar as energias, relaxar e viver esse universo sob um novo olhar. Materiais naturais como pedra, mármore, madeira e palha somados à iluminação trazem o calor das formas naturais, fundamentais quando se fala de praia.

· Varanda do Boulevard – Lucianna Pimentel e Paulo Azul

Ambientado com cores neutras e claras, o ambiente une o design brasileiro e o francês para uma composição contemporânea e, ao mesmo tempo, clássica. A varanda é um local de descanso, contemplação da natureza, leitura e encontro da família.

· Loft do Jovem Rapaz – Marylia Nogueira Arquitetura

O ambiente traz conforto, funcionalidade e beleza com tons metalizados, azul safira e com destaque para a iluminação. O loft é totalmente integrado e preza pela fluidez e amplitude. Em apenas 27m² foi possível dispor sala de estar, jantar, cozinha funcional, quarto e banheiro de modo confortável e elegante. O resultado é um ambiente palpável à realidade de quem visita a mostra.

· Coworking Sustentável | Akamai – Adriana Porto e Luciana Neves

O projeto fomenta a troca de experiências e fortalece vínculos de colaboração e comunidade no Coworking Sustentável | Akamai. Foram utilizados elementos arquitetônicos tradicionais e ambientalmente corretos tais quais brises, cobogós e teto verde aliados às novas tecnologias, como esquadrias low-e insuladas, bomba de calor para climatização, paredes verdes, além de materiais recicláveis, geração de energia solar e reuso de água.

· Refúgio de Vidro – Humberto e Analice Zirpoli

Modernidade com aplicação de materiais contemporâneos, leveza e transparência são os pilares básicos do projeto do Refúgio de Vidro. O espaço busca ainda integração e permeabilidade, com o objetivo de incorporar o ambiente ao jardim, garantindo integralmente a visibilidade do casarão em qualquer ponto do ambiente.

· Lounge Renault – Ana Paula Cascão Arquitetura

Inovação e design se unem no Lounge Renault.O ambiente é jovem e descontraído, favorecendo a convivência, um lugar perfeito para receber amigos para um bom bate-papo, um jogo ou assistir um filme ou show, num generoso e moderno telão retrátil de 100 polegadas. Tudo foi pensado em função da versatilidade e do conforto que a tecnologia pode oferecer junto com a sofisticação e a elegância do veículo Captur da Renault.

· Terraço dos Manguinhos – Newman Belo e Madalena Albuquerque

O conceito de integração norteia, hoje, a residência contemporânea, com ambientes projetados onde a elegância e a funcionalidade aliam-se ao conforto. Seguindo esse pensamento, os arquitetos projetaram o Terraço dos Manguinhos como um espaço de lazer, aberto ao verde, voltado aos prazeres da mesa e do vinho. É um lugar de convivência agregando família e amigos.

· Café do Pátio Santa Clara – A2 arquitetos- Acácio Costa e Viviane Manzi

Descanso e inspiração para novas ideias. Essa é intenção dos arquitetos ao assinar o Café do Pátio Santa Clara. Por isso, eles apostam em luzes baixas, cores sóbrias e trazem materiais rústicos mais próximos dos encontrados na natureza, promovendo uma experiência de visão e tato que combina bem com os sabores e aromas únicos servidos no Café.

· Lounge Bar – Amaral Tenório + Arquitetos – Rafael Tenório e Fran Menegoto

O pub da CASACOR PE ressalta o contraste entre clássico e contemporâneo através da iluminação, revestimentos e mobiliário. O ambiente foi concebido para ser um bar com atendimento ao público e promete criar uma experiência de interação com o visitante. O grande ponto de partida é um balcão que ocupa quase todo o pub, com espaço para mais de 10 pessoas.

· Bistrô Toscana – FM Arquitetura – Fernanda Antunes e Milena Sotero

O bistrô e adega foram construídos com tendências clássicas e modernas. O ponto forte é o grande painel na parede ao fundo formado por linhas diagonais irregulares, criando um enorme patchwork que decora o salão.

· Armazém do Artesanato SEBRAE – Borsoi Arquitetura – Roberta Borsoi

A concepção do espaço todo em madeira, como uma caixa, na sua pureza natural dialoga com a força dos materiais do artesanato. A expografia das peças é feita em prateleiras também em madeira com iluminação embutida, numa grande estante de um lado, e no lado oposto, prateleiras, uma mesa e um estrado. Foi idealizada uma variação de expositores soltos, em vidro e acrílico com a intenção de diferenciar a tipologia dos objetos expostos, e dar também uma flexibilidade de montagem. Em meio à presença da madeira, a parede ao fundo da loja recebe um papel de parede de cor forte, dando uma sensação de profundidade. E a iluminação do ambiente apresenta-se de forma difusa na valorização do espaço geral e direcional na valorização de cada peça.

· Terraço Gourmet – ARQmulti – Bruna Lobo, Danielle Paes Barreto e Soraya Carneiro Leão

O espaço de 28 m² foi idealizado para um casal jovem que adora receber e cozinhar para os amigos e família. A composição integra elementos como a madeira e o piso cimentício, contrastando com materiais sofisticados e inovadores. Uma estante em alumínio e vidro atirantada no forro de madeira de carvalho marca o ambiente de estar, onde as obras do artista Manuel Dantas Suassuna estão expostas. A ideia é criar uma atmosfera descontraída e sofisticada, unindo gastronomia, música, arte, tecnologia, automação e funcionalidade.

· Galeria de Arte Iquine – Juliana da Mata Arquitetura

Uma galeria de arte onde as usuais paredes brancas perdem espaço para uma instalação artística de latões de tinta da Iquine, reforçando o conceito de sustentabilidade. Uma grande “tela” metalizada serve como fundo para os quadros, de onde também surgem nichos para esculturas. O mobiliário em tons neutros, estante flutuante, poltrona de design e um jardim dão fluidez e integração ao ambiente.

· Iluminação do jardim – Estúdio Carlos Fontes

A proposta do ambiente é enaltecer a arquitetura original do casarão da CASACOR PE, as espécies de plantas existentes no terreno e dar atenção à marcação da circulação. A construção do local promete valorizar o ponto focal do espaço: obra de arte exposta sob o cajueiro.
· Lounge de Saída – Sandra Bione e Luiz Canto

O Lounge de Saída da mostra tem uma proposta acolhedora. O ambiente se divide em duas partes unidas harmonicamente graças ao paisagismo que conecta um espaço com cores finas e obras de arte personalizadas a outra área com tons terrosos e cores marcantes.

Sobre a CASACOR

Pertencente ao Grupo Abril, a CASACOR é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. O evento reúne, anualmente, renomados arquitetos, decoradores e paisagistas e em 2017 chegou à sua 31ª edição em São Paulo, com 20 praças nacionais (Alagoas, Bahia, Balneário Camboriú, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Franca, Florianopólis, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo), e mais seis internacionais (Miami, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai e Peru).

QUANDO?
De 22 de setembro a 12 de novembro de 2017
De terça a sexta-feira das 16h às 21h
Sábados das 13h às 21h
Domingos e feriados das 13h às 20h
ONDE?
Av. Rui Barbosa, 471. Graças, Recife

QUANTO?
R$ 40 (inteira)
R$ 20 (meia-entrada)
R$ 130 (Passaporte VIP válido para todos os dias da mostra)
Profissionais de arquitetura pagam R$ 30 apresentando o registro profissional

Fotos: Rogério Maranhão / executivacom.

Comentários

Voltar ao topo