O ‘Novo Jeito’ de fazer o bem

Um sonho de jovem empresário que se propagou entre os amigos e aderiu adeptos por meio das redes sociais. Idealizador do #reinodobem, o empresário Fábio Henrique Alves da Silva, poderia ser mais um, porém ele decidiu fazer algo diferente.

Fábio é proprietários de um dos maiores grupo de odontologia do Brasil. O membro da Igreja Presbiteriana das Graças, em Recife, recentemente, mobilizou um grupo de voluntários para prestarem socorro espiritual e emocional em Santa Maria, por ocasião da tragédia da Boate Kiss. Sua ONG enviou Fabrício Cunha para liderar a ação.

Tudo começou em junho de 2010, quando uma enchente devastou a Zona da Mata Sul de Pernambuco. Mais de cem mil pessoas desabrigadas. Foi aí que um grupo de amigos resolveu arregaçar as mangas para tentar ajudar! A ideia inicial era formar 10 grupos, com 10 pessoas, e cada um deles doaria R$ 100,00. O valor arrecadado seria R$ 10.000,00, que daria para comprar 580 cestas básicas. A ‘corrente do bem’ ultrapassou a quantidade de pessoas, e o valor arrecado por eles foi de mais que o dobro! Naquele momento, a população de Barreiros precisava de colchões. Era o item de maior carência. Os ‘amigos do bem’ compraram com o dinheiro que tinham conseguido, dois caminhões de colchões!

A partir daí o grupo não parou mais de espalhar o bem! As ações, incentivadas através de perfis nas redes sociais, vão desde doações de cadeiras de rodas e aparelhos auditivos, execução de parcerias para oferecer cursos profissionalizantes, atividades extra-curriculares para crianças carentes até arrecadação de alimentos para os desabrigados da seca ou a simples distribuições de gestos cordiais, como abraços e rosas.

“O ‘Novo Jeito’ tem a vocação de tocar corações, mudar comportamentos, realizar ações solidárias, criar movimentos, para que mais pessoas possam ter uma vida mais digna em todos os aspectos. Os alicerces do grupo são baseados na esperança, solidariedade, união e exemplo. Queremos inspirar, promover o bem comum, a justiça, os sonhos. Vamos promover O Reino do bem”, afirma Fábio Silva.

NovoJeito

ATUAÇÃO NAS REDES SOCIAIS – O ‘Novo Jeito’ propõe o nascimento de uma rede social que saia da tela do computador para “abraçar” as pessoas. O o movimento criou um perfil na rede social Twitterpropondo que a cada 100 pessoas que seguisse esse perfil, uma cadeira de rodas seria doada. A ‘rede do bem’ cresceu, ganhou cada vez mais seguidores que passaram a ser multiplicadores. Hoje já possui quase 30 mil seguidores, e não para de crescer. Mais de 200 cadeiras de rodas já foram doadas a pessoas que tinham apenas o quarto ou a sala como ambiente social.

Conheça mais:
www.novojeito.com
twitter.com/onovojeito
facebook.com/novojeito

Comentários

Voltar ao topo