Copa Airlines vai operar voo do Recife para a Cidade do Panamá

A partir de 23 de junho, Pernambuco terá um voo internacional que ligará Recife a Cidade do Panamá, o primeiro na América Central, e servirá como conexão imediata para 63 destinos em 29 países, como Estados Unidos, México, Canadá e Peru. O trecho será operado pela Copa Airlines.
Copa Airlines vai operar voo no Recife

A capital pernambucana será o primeiro destino da companhia panamenha no Nordeste e o sétimo no Brasil – depois de São Paulo, Manaus, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Brasília. “A conquista desse voo é resultado do atual momento que Pernambuco vive. Representa o crescimento e a importância do Estado no País. Mais do que uma opção para os panamenhos, esperamos atrair também mexicanos, peruanos, americanos e canadenses”, diz Alberto Feitosa, secretário de Turismo de Pernambuco.

No total serão quatro voos semanais, partindo do Recife aos domingos, segundas, terças e sextas, sempre às 1h47min, com chegada às 7h. O retorno para capital pernambucana será aos domingos, segundas, quintas e sextas, sempre às 15h26min, com chegada no Recife às 00h45min. As rotas beneficiam ainda passageiros de capitais como Aracaju (SE), João Pessoa (PB), Maceió (AL), e Natal (RN). Segundo os executivos da companhia, a expectativa é que a operação funcione com pelo menos 70% de ocupação e que no futuro o voo possa se tornar diário.

Atualmente, Recife possui quatro voos para destinos internacionais: Lisboa, operado pela TAP; Miami via American Airlines; Buenos Aires por meio da TAM; e Frankfurt pela Condor.

“Com 60 milhões de habitantes, o Nordeste brasileiro tem uma e meia Argentina e dois Chiles em população. Esse processo de desenvolvimento econômico que estamos vivendo está dando cada vez mais acesso a bens de consumo à população, entre eles as viagens aéreas. Após seis meses de negociação, é uma satisfação poder anunciar essa ligação importante com mercados turísticos importantes”, ressaltou o governador Eduardo Campos.

Fonte: Copaair.com

Comentários

Voltar ao topo